.

.

sexta-feira, 25 de maio de 2018

Robson Paz diz que Sarney usa “laranjas” para tentar tirar Rádio Timbira do ar


O diretor da Rádio Timbira, Robson Paz, usou as redes sociais nesta sexta-feira (25) para fazer um desabafo em resposta aos ataques que a emissora vem sofrendo por parte da oposição ao governo Flávio Dino. Para Robson o ex-presidente José Sarney – que possui um império midiático – ameaça em seu jornal retirar a Rádio Timbira do ar apenas por esta ousar informar a população maranhense.

Paz explica que nos governos Roseana a Timbira (Nova 1290) foi extinta pela filha de Sarney. Na avaliação de Robson, os sarneys não admitem ver a emissora reestruturada e fazendo comunicação plural, ética, democrática e cidadã. “A censura é prática do sarneysmo desde a época da ditadura. Não satisfeitos em sucatear e extinguir a Rádio Timbira, governo Roseana Sarney proibiu a participação de ouvintes, em 2014. Por isso, usam laranjas para tentar calar a voz do povo do Maranhão. Absurdo!”, desabafou o diretor.

Um dos mais incomodados com a Rádio mais antiga do Maranhão é o deputado oposicionista Eduardo Braide, que por meio de seu partido nanico, o PMN, ingressou na Justiça Eleitoral para tentar censurar a Timbira, gerida pela Secretaria de Estado da Comunicação Social do Governo do Estado.

Em tempo, a emissora pioneira em radiodifusão no Maranhão inaugurada solenemente em 1941, pelo interventor Paulo Ramos, passou no governo Flávio Dino por reformulação em sua grade de programação, após investimentos técnicos e em profissionais, visando ampliar seu alcance em todo o estado. Blog do Domingos Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário