terça-feira, 14 de agosto de 2018

Martelo batido: G5 fecha com o Deputado Othelino Neto


O Presidente da Assembléia Legislativa, Othelino Neto, (PCdoB), recebeu nesta manhã no gabinete da presidência os vereadores de Vargem Grande, Braga, Célio Mendes, Chaguinha do Bala, Chico do Zé Pedro e Trabulsinho, popularmente conhecidos como G5.

Contrariando as más línguas e os agorentos de plantão, o Deputado Othelino, habilidosamente conseguiu contornar a crise que de forma desnecessária foi instalada com o G5 em Vargem Grande.


Ao término da reunião os referidos vereadores manifestaram satisfação com o resultado da mesma e fecharam diretamente com o presidente e ainda afirmaram que estão mais do que preparados para dar continuidade a esta batalha, que a partir do dia 16 começa a busca pelos votos de fato e de direito.

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Osmar Filho amplia uso de rede social para interagir com eleitores



O vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), que a partir do ano que vem assume o comando da Casa para o biênio 2019-2020, tem investido em canais de comunicação para se aproximar da população. Além do site www.osmarfilho.com.br, o parlamentar passou a usar as principais redes sociais para interagir com os cidadãos ludovicenses.

Em sua página no Facebook, são 12.824 mil seguidores. Com perfis no Instagram e no Twitter, o parlamentar interage diariamente com os internautas sobre os diferentes temas e desafios do mandato, mantendo os internautas informados sobre cada detalhe das ações em execução.

Em seu terceiro mandato de vereador, Osmar também utiliza esses aplicativos eletrônicos para tentar aproximar o público de suas principais ações parlamentares na cidade. Algumas de suas postagens chegam a alcançar mais 20 mil curtidas no perfil da maior rede social do mundo. O smartphone é um amigo quase inseparável do vereador. É através do aparelho que ele publica fotos para mostrar o cumprimento de suas principais promessas de campanha e também atos de sua agenda.

Na semana passada, o parlamentar divulgou imagens de algumas obras sugeridas via proposição aprovadas na Câmara e que estão aceleradas pelos bairros da capital. Na Avenida Ferreira Gullar, no São Francisco, Osmar mostrou que está sendo construído um grande equipamento social com quadra poliesportiva, área para apresentação cultural, prática esportiva, entretenimento e lazer entre as famílias.

"Agradeço a parceria e sensibilidade do prefeito Edivaldo Holanda Jr e do governador do Estado, Flávio Dino, com as demandas da nossa capital", comentou.

Por meio dos comentários, Osmar consegue medir a receptividade das ações divulgadas. De modo geral, o resultado é positivo, segundo o vereador. Ele também alega que sua principal estratégia é divulgar e não comentar. "Sempre olho as críticas de forma construtiva, mas a minha estratégia é divulgar e não comentar".

A sentença polemica e o tapetão de Coroará


Blog do Jorge Vieira – A polêmica decisão da juíza Anelise Reginato tornando inelegível o governador Flávio Dino (PCdoB), o candidato a deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) e casando os diplomas do prefeito e do vice-prefeito de Coroatá parece ser fruto de um conluio envolvendo membros do Tribunal de Justiça que passa pelo suspeito afastamento da juíza eleitoral Josane  Araújo Farias, que condenou Ricardo Murad, sua esposa e então candidata a prefeita Teresa Murad e vice, Neusa Furtado Muniz, em 2012, por abuso de poder políticos e econômico e os tornou inelegíveis pelo período de oito anos.

Misteriosamente a magistrada que condenou Ricardo e Teresa Murad a inelegibilidade até 2020 foi removida do município e para seu lugar foi colocada pelo Tribunal de Justiça do Maranhão a juíza Anelise, uma amiga das famílias Sarney/Murad e conduzida ao cargo, pelo visto, para proteger os interesses da oligarquia moribunda e receosa de ser varrida do mapa eleitoral do Estado em outubro próximo.

Apenas para relembrar, o ex-secretário Ricardo Murad, apontado pela Polícia Federal como chefe da organização criminosa que desviou mais de R$ 1 bilhão da saúde pública do Maranhão, teve os direitos políticos cassados porque a então juíza Josane, da 8ª Zona Eleitoral de Coroatá, entendeu  que houve abuso de poder político por parte de Murad em 2012. Naquele ano de eleição municipal, conforme descreve a magistrada em sua sentença, o então secretário de Saúde utilizava o cargo que ocupava para “viabilizar convênios estatais para a construção de poços artesianos no município de Coroatá em período eleitoral quando sua esposa disputava o cargo de prefeita da cidade”.

Logo após a eleição de 2012, a juíza Josane, que condenou o casal Murad, foi transferida, sendo substituída por Anelise, que comandou as eleições de 2016 e agora surpreendeu juristas, classe política e o eleitorado maranhense ao proferir sentença tornando inelegível o governador Flávio Dino, por suposto abuso de poder faltando poucos mais de dois meses para o pleito em que Dino aparece como franco favorito para renovar o mandato por mais quatro anos logo no primeiro turno.

A questionável sentença da magistrada na véspera em que o governador encaminhou o pedido de registro de sua chapa ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA) soa com armação de quem está a serviço de grupo político e não da justiça, como se espera de uma magistrada.

Corrupção, economia e contas públicas são temas do 1º debate presidencial


Veja.com – Após quatro anos marcados pela Operação Lava Jato e pela crise econômica no Brasil, o primeiro debate entre os candidatos à Presidência da República nas eleições de 2018 foi marcado por discussões, entre outros temas, sobre corrupção, economia e a gestão das contas públicas.

Candidato mais escolhido pelos adversários para responder perguntas, Geraldo Alckmin (PSDB) foi criticado pela aliança com o grupo de partidos conhecido como Centrão e respondeu alegando a necessidade de buscar “governabilidade”. Um dos menos acionados, Ciro Gomes (PDT) reclamou de sofrer “bullying” dos adversários.

Enquanto os postulantes com mais experiência no Executivo, casos de Alckmin, Ciro, Alvaro Dias (Podemos) e Henrique Meirelles (MDB) procuraram exaltar seus feitos e passagens de destaque, outros, casos de Cabo Daciolo (Patriota) e Jair Bolsonaro (PSL), se concentraram em criticar a “velha política” e defender a substituição dos atuais políticos.

Marina Silva (Rede), apesar de ter sido ministra do Meio Ambiente e senadora, não falou muito sobre suas passagens anteriores. Também sem experiência política, Guilherme Boulos (PSOL), que pediu a liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), não falou tanto sobre mudanças radicais na política, se limitando a defender medidas duras contra excessos que enxerga no setor financeiro e na falta de cobrança de impostos sobre os mais ricos.

Atual presidente, Michel Temer (MDB) apareceu no debate apenas como uma “batata quente”. Candidato do seu partido, Henrique Meirelles disse novamente ser o candidato do seu histórico e, sempre que relacionado ao governo, lembrava de ter também comandado o Banco Central no governo Lula. Tentando relacionar candidatos de outros partidos que participaram do governo ao presidente impopular, em especial Alckmin, Boulos disse haver “cinquenta tons de Temer” no debate.

Os candidatos recorreram, algumas vezes, a figuras externas que imaginaram ter potencial para impulsionar as suas candidaturas. Geraldo Alckmin e Jair Bolsonaro mencionaram diversas vezes seus candidatos a vice. O tucano mencionando diretamente a senadora Ana Amélia (PP-RS), enquanto o candidato do PSL exaltava a posição de general da reserva do seu parceiro de chapa, Hamilton Mourão (PRTB). Em outras quatro oportunidades, Alvaro Dias prometeu nomear o juiz Sergio Moro, da Operação Lava Jato, para o Ministério da Justiça.

quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Wellington Uchôa reúne milhares de pessoas em lançamento de pré-candidaturas


A noite dessa segunda-feira (08) foi marcada por uma grande festa politica no município de Presidente Vargas. O prefeito Wellington Uchôa (PCdoB), acompanhado da primeira-dama Dozinha Lisboa reuniu milhares de pessoas num grande ato de lançamento de pré-candidaturas à Câmara Federal e Assembleia Legislativa.

Presvarguenses da sede e zona rural prestigiaram a oficialização dos nomes do presidente estadual do PCdoB, Márcio Jerry que irá concorrer a uma vaga na Câmara Federal  e do deputado estadual Raimundo Cutrim que concorrerá a reeleição. 

No ato político também foi manifestado pelo prefeito Wellington e seu grupo o apoio irrestrito à reeleição do Governador Flávio Dino (PCdoB) e as pré-candidaturas de Weverton (PDT) e Eliziaga Gama (PPS) ao Senado Federal.

"Hoje é um dia muito importante, nesta oportunidade estamos apresentando o amigo e companheiros de luta Márcio Jerry como nosso pré candidato a deputado Federal e o também companheiro Dr. Raimundo Cutrim, pré candidato a deputado estadual. Eu não poderia deixar de agradecer tudo aquilo que o governador Flávio Dino tem feito ao nosso município, e conclamar nossa população para seguirmos juntos nessa empreitada", afirmou Wellington Uchôa.

O empresário e irmão do saudoso prefeito Herialdo Pelúcio, Dudu Pelúcio, participou do evento e fez questão de ressaltar esta luta iniciada por seu irmão e em nome dele pediu aos Presvarguenses que apoiassem este projeto hoje liderado pelo prefeito Wellington.

O presidente da Câmara de Presidente Vargas, Júnior de Charapim e o Vereador Albino Uchôa declararam que pelo bem do município apoiarão todos os nomes apresentados pelo Prefeito Wellington Uchôa.


O pré-candidato Márcio Jerry fez um discurso contundente relembrando a trajetória política de Herialdo Pelúcio, onde também o homenageou com uma forte salva de palmas. Ressaltou os avanços do Governo Flávio Dino em todos os setores, fazendo uma comparação do Maranhão de ontem e o de hoje. Agradeceu a acolhida e o comprometimento da população de Presidente Vargas com o seu projeto de chegar a Câmara Federal e por fim prometeu voltar no período da campanha.

O evento aconteceu no Auditório Angelina Pelúcio e participaram do ato além dos vereadores, os secretários municipais, lideranças políticas, presidentes partidários, líderes comunitários, sindicalistas, representantes de igrejas e a população em geral.

quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Exclusivo: “Totalmente absurda decisão sobre inelegibilidades”, afirma Márcio Jerry


Após Ato de pré-campanha no município de Presidente Vargas, o Ex Secretário de Estado e pré - candidato a Deputado Federal Márcio Jerry (PCdoB), se manifestou com exclusividade ao Blog do Thales Castro sobre a decisão de primeiro grau da juíza que trata de inelegibilidades.


terça-feira, 7 de agosto de 2018

Wellington Uchôa realizará ato político ao lado de Márcio Jerry e Raimundo Cutrim nesta quarta-feira

O prefeito de Presidente Vargas, Wellington Uchôa (PCdoB), realizará um evento político nesta quarta-feira (08), com a presença do ex-secretário Márcio Jerry e do deputado estadual Raimundo Cutrim.

Na oportunidade Jerry e Cutrim serão apresentados como os candidatos de Wellinton à Câmara Federal e à Assembleia Legislativa, respectivamente.

Na oportunidade será realizado um Diálogo sobre a continuidade do Maranhão de Todos. O evento ocontecerá no Auditório Angelina Pelúcio a partir das 18h.

terça-feira, 31 de julho de 2018

Márcio Jerry: Grande Convenção mostra que Maranhão está no rumo certo


O reconhecimento da transformação que o Maranhão vive e o desejo coletivo de que o estado siga livre foi o que levou mais de 15 mil pessoas à Convenção Todos Pelo Maranhão no último sábado. É a opinião do presidente estadual do PCdoB Maranhão e pré-candidato a deputado federal, Márcio Jerry, para quem a grandiosidade do ato foi reveladora da força política e apontou um caminho de vitória. 

“O Maranhão está no rumo certo e esta convenção, tão gigante, tão bonita, tão animada, é a demonstração que o governador Flávio Dino vai ser reeleito para mais um mandato, juntamente com Carlos Brandão, e desta vez, elegendo também para o Senado Weverton Rocha e Eliziane Gama”, pontuou Márcio Jerry, sobre a convenção dos 16 partidos que compõem a Coligação Todos Pelo Maranhão. 

O nítido desgaste do grupo que esteve por décadas à frente do Maranhão também ficou ainda mais evidenciado no último domingo, em uma convenção com pouca adesão. Na balança, segundo o presidente do PCdoB, 50 anos são cotidianamente comparados com os últimos três anos e seis meses: “Apesar de um tempo infinitamente menor, desde que o governador Flávio Dino assumiu, trabalha com muita dedicação, incessantemente, para que a vida do povo maranhense melhore, principalmente os que ficaram por anos invisíveis”.

Missão

Márcio define a candidatura a deputado federal como “imenso desafio militante”, que se sustentará na trajetória de quem luta pela mesma margem esquerda da vida desde a adolescência. Pelo perfil nas redes sociais, Jerry adiantou que apresentará uma plataforma construída em décadas de ativismo político em defesa de direitos, igualdade e oportunidade para todos.

“Uma candidatura para defender a gestão do governador Flávio Dino, que faz o melhor governo da história do Maranhão. Dar a este Governo total apoio e sustentação numa nova fase”, disse. “Uma candidatura alicerçada numa biografia de lutador. Tenho orgulho da minha trajetória de vida, da dedicação às causas do povo, de fé no sonho sempre permanente da sociedade de iguais. Candidatura de combate, como de combate tem sido toda a vida”.

Durante Convenção, Júnior Verde fortalece seu nome para reeleição


Candidato à reeleição, o deputado estadual Júnior Verde (PRB) mostrou força política e prestígio na Convenção Estadual “Todos Pelo Maranhão”, realizada neste sábado (28), e que homologou sua candidatura. O encontro confirmou o nome do governador Flávio Dino à reeleição, e dos candidatos Weverton Rocha e Eliziane Gama ao Senado Federal. Mais de 10 mil pessoas participaram do evento, considerado uma verdadeira festa da democracia.

“Renovamos a esperança na firme convicção de que mudança se faz é com muito trabalho. A nossa Convenção foi a certeza de que muito ainda precisa, e pode ser feito”, destacou o deputado durante o evento.

Considerado um dos deputados mais atuantes na Assembleia Legislativa, Júnior Verde reuniu centenas de militantes e lideranças politicas de diversas regiões do Estado, que em comitivas, fizeram questão de declarar seus apoios.

O parlamentar compõe a chapa do governador Flávio Dino pelo PRB, que também conta com o apoio do PCdoB, PDT, PP, PPS, PROS, PSB, PT, PTB, PR, DEM, PEN, PTC, Solidariedade e PPL. Juntas, as legendas formam a coligação “Todos Pelo Maranhão”.

Além do deputado estadual Júnior Verde, o PRB conta com o vice-governador Carlos Brandão, que permanece compondo chapa com Flávio Dino, e com o deputado federal Cléber Verde, atual presidente estadual do partido.

"Estamos juntos com governador Flávio Dino e acreditamos na sua reeleição para que o Maranhão continue se desenvolvendo através da educação, da segurança pública e do apoio ao trabalhador maranhense", concluiu.