.

.

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Honorato Fernandes e moradores ameaçados de expulsão reúnem com Comissão da OAB


O vereador Honorato Fernandes (PT) acompanhou na segunda feira, 14, uma comissão de moradores dos bairros Nova Jerusalém 2 e Armindo Reis, em Paço do Lumiar, numa reunião na sede da seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para tratar sobre ação que transita na Justiça pedindo a retirada dos moradores destas áreas.

O vereador Honorato, que preside a Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de São Luís, já esteve nas comunidades a convite do ex-vereador de Paço do Lumiar, Marcelo Portela, conversando com os moradores e recebeu o convite para participar da reunião, que teve a participação de Rafael Silva da Comissão de Direitos Humanos da OAB.

"Os bairros de Nova Jerusalém 2 e Armindo Reis já estão consolidados e incorporados ao município. Lá estão cerca de 1.500 famílias que lutam dia a dia pelo sustento e direito à moradia. Vamos lutar na Justiça e também mobilizar os movimentos sociais em prol desta causa" disse Honorato Fernandes. 

O presidente da Associação dos Moradores do Jerusalém 2, Joaquim do Nascimento Filho, destacou que o processo está sendo baseado em fatos que não condizem com a realidade. 

"Falaram no processo que lá era uma área produtiva e que foi ocupada por bandidos. Isso não é verdade. Somos trabalhadores que trabalhamos muito para sustentar nossas familiar e ter moradia digna. Esta área estava completamente abandonada e coberta de mato. Não vamos admitir que a nossa imagem seja denegrida", disse Joaquim do Nascimento Filho. 

Marcelo Portela destacou que há cinco anos vem acompanhando a luta dos moradores das duas localidades e que ao longo deste tempo pode comprovar a estrumação e benefícios trazidos ao local. 

"Os bairros Nova Jerusalém 2 e Armindo Reis trouxeram vida ao local. 80 % das casas já são de alvenaria, o local tem transporte público e comércio funcionam no local. Não é uma invasão como tentam colocar e sim bairros grandes do Paço do Lumiar", disse Portela. 

Ao fim da reunião, o advogado Rafael Silva fez algumas considerações e encaminhamentos. Solicitou todo o processo e marcou uma reunião ampliada com a comunidade. 

"Vamos olhar todo o processo e fazer uma reunião na própria comunidade. Vamos convidar outras entidades a participarem desta mobilização. Vamos mostrar que os bairros já estão consolidados. Estes são apenas alguns dos encaminhamento" disse Rafael Silva. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário