.

.

sábado, 14 de abril de 2018

Em ação inédita, Restaurante Popular entrega refeições para atingidos pela chuva no Maranhão

Entregue há dois anos pelo governador Flávio Dino, o Restaurante Popular de Pedreiras tem funcionado como um local para garantir a alimentação de muitos moradores. Nesta semana, o restaurante passou a cumprir outra importante função: enviar refeições a moradores prejudicados com as fortes chuvas em Pedreiras e na vizinha Trizidela do Vale.

Normalmente, o Restaurante Popular cobra o valor simbólico de R$ 2 por um prato completo, balanceado e saboroso, com direito a suco e sobremesa.

Para os prejudicados pela chuva, a unidade de Pedreiras está enviando gratuitamente 900 refeições prontas diárias, de segunda a sexta-feira. A previsão é que a entrega seja feita por 15 dias, mas pode ser estendida em caso de necessidade.

Esta é uma ação inédita. “Eu enfrentei cinco enchentes e esta é a primeira vez que está chegando comida já pronta para entregar. A gente dá a cesta básica também, mas muitas pessoas não tem o gás”, disse o prefeito de Trizidela, Fred Maia.

Solidariedade

A população atingida pela cheia do Rio Mearim, de Trizidela do Vale, recebeu refeições preparadas no Restaurante Popular de Pedreiras. (Foto: Divulgação)

Quem recebe as quentinhas aprova a iniciativa. “Ajuda muito, com certeza, porque a gente que se alaga tem dificuldades de comprar as coisas, e graças a Deus temos ajuda”, diz Maria Mendes, de Trizidela do Vale.

“Foi muito bom, a gente ainda não tinha almoçado. Estamos melhor agora”, afirma Patrícia Dias, da mesma cidade.

Além disso, a entrega das refeições ajudou a reforçar a corrente de solidariedade às vítimas da chuva. “A gente entra cedo e sai tarde, mas faz isso com amor porque ajuda as pessoas que estão precisando”, conta a orientadora Valéria Ribeiro Brandão, uma das que entregam as refeições.

Restaurante Popular

O número de Restaurantes Populares aumentou de 6 para 20 desde 2015. Antes, eles só existiam em São Luís; agora estão espalhados por diversas regiões do Maranhão.

O número de refeições diárias cresceu 270%. Até 2014, eram 6,2 mil pratos diários. Agora, são mais de 24 mil refeições por dia. O número total em três anos já chegou a 8 milhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário